10 de nov de 2013

Café com leite, uma mistura perigosa

Eu tenho grandes problemas respiratórios, estes melhoraram MUITO depois da exclusão do leite, mas esse tempo que parece mais uma canção de axé (uma hora tá frio, muito, tá frio, muito quente), acaba comigo. 

E, meu alergologista/imunologista disse que eu posso fazer uso do antialérgico, se necessário. E vai ser necessário. 

Então, para sossegar minha cabecinha lôra, fui buscar informações no Dr. Google. E achei a informação de que meu remédio é de classe B, que significa:

Risco B - Não há estudos adequados em mulheres. Em experiência em animais não foram encontrados riscos, mas foram encontrados efeitos colaterais que não foram confirmado nas mulheres, especialmente durante o último trimestre de gravidez.

Então, fazer o quê!? Meu médico disse que é melhor eu usar a bombinha e tomar o medicamento do que entrar em crise. 

E ainda, fuçando nesse site, achei uma matéria interessante que leva o mesmo titulo do meu post "Café com leite, uma mistura perigosa", replico o matéria abaixo:

O café com leite é uma mistura perigosa, porque o café quando misturado ao leite retira cálcio e outras propriedades fundamentais do leite, por um processo químico de afinidade que se chama tecnicamente de quelação.

Assim, crianças e jovens devem evitar tomar o café com leite, dando preferência à vitamina de frutas, por exemplo. Isso porque eles se encontram numa fase de desenvolvimento em que faz todo sentido o consumo do leite, mas não do café.

O chocolate com leite mantém um valor energético interessante, especialmente para crianças, adolescentes, grávidas, idosos e todos aqueles que precisam aumentar a capacidade e quantidade de absorção do cálcio. No entanto, acontece algo semelhante quando o cálcio do leite e o ferro do chocolate se misturam, diminuindo a quantidade dos nutrientes livres para serem absorvidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário